Posts Tagged ‘Campeonato Mineiro’

Democrata 1 x 0 Galo

janeiro 28, 2008

 

No ano do centenário, não foi a estréia que o torcedor atleticano esperava. Na manhã deste domingo, o Atlético-MG perdeu para o Democrata-SL por 1 a 0, no estádio Joaquim Henrique Nogueira (Arena do Jacaré), em Sete Lagoas, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. (Assista ao vídeo). Na próxima rodada, o Galo recebe o Democrata-GV, sábado, no Mineirão, às 16h (horário de Brasília), enquanto o Jacaré viaja até o Vale do Aço para encarar o Ipatinga, nesta quarta-feira, no Ipatingão, às 21h45.

  Lesões e mudança de esquema

A bola mal rolou e o Democrata-SL, mesmo com um esquema defensivo, com apenas o veterano Renaldo isolado no ataque, partiu para cima do Atlético-MG. Aos sete minutos, o volante Gérson torceu o joelho esquerdo após uma disputa de bola e foi substituido pelo atacante Marques, xodó da torcida atleticana.

Com três atacantes, o meio-campo e a defesa do Galo ficaram sobrecarregados, dando espaços para os jogadores do Democrata-SL. Aos 27, Bruno cruzou para Renaldo, que ajeitou novamente para Bruno. O meio-campo pegou de primeira e jogou para fora. Por muito pouco o Jacaré não abriu o placar.

A partir dos 33 minutos, o Galo começou a ameaçar. Cláudio desceu pela direita e cruzou no segundo pau, na cabeça de Marinho. O atacante escorou pela linha de fundo. Em seguida, após bela triangulação entre Éder Luís, Marinho e Marques, o veterano centroavante, de 34 anos, concluiu com perigo, assustando o goleiro Edimar.

Aos 38, após cobrança de falta na área do Democrata-SL, Bruno cortou mal e deixou nos pés de Marques. Atacante, mesmo marcado, conseguiu o chute, que resvalou na trave. O Atlético-MG ainda perdeu o lateral Cláudio, com uma distensão na coxa direita, e Renan entrou, obrigando o técnico Geninho a mudar o esquema do time.

Já nos acréscimos da primeira etapa, Renaldo, impedido, concluiu para o gol. A torcida do Jacaré protestou, mas o gol foi corretamente anulado.

Mais uma baixa e o castigo

Não deu nem para respirar! O segundo tempo começou com o baixinho Danilinho assustando de cabeça, após o cruzamento de Marques. O goleiro Edimar, do Democrata-SL, só observou a bola sair pela linha de fundo. Em seguida, Marinho arriscou da entrada da área e Edimar espalmou para escanteio. Na seqüência, Marques recebeu na área, se livrou da marcação, mas acabou travado na hora da finalização.

Com 13 minutos um lance polêmico a favor do Democrata-SL. Rafael Cruz invadiu a área e caiu após chegada de Rafael Miranda. O árbitro Alício Pena Júnior, em cima do lance, mandou seguir o jogo, e ainda puniu o lateral do Jacaré com cartão amarelo. Dois minutos depois, o volante Cidão fez falta dura e acabou expulso, pois já tinha cartão amarelo, prejudicando os anfitriões.

O Galo somou a sua terceira baixa na partida aos 20 minutos. O goleiro Juninho saiu com dores nas costas e entrou Edson. O Atlético-MG continuou pressionando e Marinho, aos 24 minutos, limpou a marcação e chutou forte, pela linha de fundo.

Assim como ditado diz: quem não faz, leva. O Democrata-SL abriu o placar com o zagueiro Tuta, de cabeça, após cobrança de falta. O Jacaré, em vantagem e com nove homens em campo, se fechou ainda mais e segurou a pressão atleticana até o apito final.

Globoesporte.com 

***

Sim, perdemos! Mas alguém se lembra como foi ano passado? O Galo nos três primeiros jogos perdeu dois e empatou um, no quarto sapecou 3 x 1 na bicharada. O campo é horrível, o time do GALO é formado por jogadores velocistas que precisam de um campo em condições para exercer suas melhores exibições. O estádio do Democrata é ridículo tanto dentro quanto fora dele, falta de organização, desespero de famílias na entrada do estádio, e 90% das pessoas que foram ao jogo, voltou sem calçado (nem preciso falar o motivo).

Vale ressaltar também a imensa massa atleticana, que INVADIU  Sete Lagoas, 90% do estádio era alvinegro, essa torcida é foda. Como viram na foto, o estádio estava LOTADO, o publico pagante divulgado foi 18.000 pessoas, mas na verdade tinha cerca de 25 mil pessoas, ou seja, cerca de 7 mil pessoas a mais do que o estádio permite. 

Próximo jogo, Atlético x Democrata-GV no Mineirão, a primeira vitória atleticana na temporada, se deus quiser. 

Saudações Atleticanas!